Descubra sua nova agência digital. 😉

Rua dos Três Irmãos, 201 - 10º Andar – Morumbi - SP
(11) 3721-1713 ou (11) 3721-0841
[email protected]

Black friday: como lucrar mais com as promoções?

Como lucrar mais com as promoções de Black Friday?

Black friday: como lucrar mais com as promoções?

O grande atrativo da Black Friday, são as promoções imperdíveis, com descontos enormes, em produtos e serviços. Esta queda tão brusca de preços, tem a capacidade de chamar a atenção dos consumidores, atrair clientes para a sua loja e fazer com que as pessoas comprem coisas que, se não fossem os descontos, ela não compraria.

A maioria das empresas, querendo aproveitar a onda da Black Friday, lançam promoções imperdíveis e campanhas enormes de baixa de preço.  Mundialmente conhecida, a Black Friday tem o poder de criar filas nas portas das lojas, congestionar e-commerce e gerar um verdadeiro alvoroço durante o dia todo.

Mas, você já viu esse cenário acontecer no Brasil? Fora do Aniversário do Mercado Guanabara, as pessoas não costumam embarcarem em promoções e a maioria se sente enganado. Mas, porquê?

Vamos responder…

Conheça a origem da Black Friday

A teoria mais aceita é que a Black Friday surgiu por causa da quantidade de pessoas fazendo compras de Natal nos Estados Unidos.

O dia de ação de graças servia como um alerta para começar as compras de Natal e, na sexta-feira do feriado do Thanksgiving, as pessoas reuniam a família e saiam para as compras.

Isso causava congestionamentos e as lojas ficavam lotadas. A “sexta-feira negra”, não passava de um dia conturbado pelos consumidores e pelo trânsito.

Com isso, os lojistas resolveram aproveitar o momento e criar oportunidades de vendas. Como? Abaixando drasticamente os preços, para atrair mais clientes para a sua loja.

Em 2011 o evento se tornou oficial e atravessou as fronteiras dos Estados Unidos. Hoje, países do mundo todo utilizam esse dia como uma oportunidade para abaixar os preços radicalmente e atrair mais clientes.

Assim se formam as filas imensas, congestionamentos, disputa por produtos e MUITA venda.

Por que a Black Friday não causa tanto alvoroço no Brasil?

A resposta é simples e, infelizmente, ofensiva: falta de inteligência para negócios.

Mas não pense que é uma crítica de forma ruim. Longe disso.

Acontece que, a Black Friday, se tornou um marco na vida dos americanos. Mas ganhou importância pelos descontos reais: produtos com descontos consideráveis, chegando à 90%. Isso justifica o caos nas lojas e a ansiedade pela data.

Mas no Brasil, não acontece bem assim. Por causa das condições, a Black Friday já se tornou motivo de chacota entre os brasileiros e, por isso, não causa tanto impacto.

A maioria dos consumidores, consideram a Black Friday uma grande farsa, por causa de alguns erros pontuais entre os lojistas.

O que mais chama a atenção dos consumidores, é a alta nos preços, principalmente nas semanas que antecedem a Black Friday. Isso faz com que os descontos dados, não satisfaçam os consumidores.

Descontos de 30% também não costumam chamar muita a atenção, já que é comum ver descontos parecidos durante o ano.

Somando isso ao péssimo atendimento nas lojas, aos e-commerces lentos e com a falta de produtos no estoque, a Black Friday brasileira vira uma grande piada nacional e internacional.

Mas, se você souber como realmente aproveitar a Black Friday, para traçar uma estratégia e vender mais, a sua loja pode causar um alvoroço especial e atrair mais clientes, gerando mais lucros.

Como traçar uma estratégia certa para a Black Friday, sem ser considerado uma fraude?

O seu posicionamento durante todo o mês de novembro e, também, no dia da Black Friday, serão os elementos decisivos para que a sua loja não seja considerada uma “fraude”.

1- Faça o planejamento com antecedência.

Para você conseguir vender os seus produtos, com preços muito mais baixos, uma coisa é fato: ou você negocia com o seu fornecedor, ou você perde um pouco do seu lucro.

O melhor a se fazer é ir planejando durante o ano, adquirindo produtos com preços mais baixos, para garantir que não haverá prejuízos durante a Black Friday.

Calcular um preço bom, para lucrar na quantidade, também pode ser uma estratégia viável para o seu negócio. Mas, não se esqueça de garantir que haverá estoque o suficiente para o dia.

2- Nunca tente enganar o consumidor

Quem compra, pesquisa o preço. Hoje em dia, a grande maioria dos seus clientes já chegam nas lojas, informados dos preços, condições de entrega, garantia, prazos e até descontos dados durante o ano.

Não tente enganar o seu cliente, anunciando por um preço mais alto nas semanas que antecedem a Black Friday, nem tente aplicar descontos em vendas casadas. Atos como este são considerados crimes contra o consumidor e fazem você perder toda a sua credibilidade. A honestidade é o pontapé inicial para lucrar mais.

3- Se prepare para a quantidade de compradores na sua loja

Pode ser, que você precise contratar funcionários temporários ou atualizar o sistema do seu e-commerce, para garantir que ninguém deixe de ser atendido.

A distribuição de senhas para determinados produtos, também pode ajudar, para que seja criada uma ordem de compra e atendimento.

3- Faça uma boa estratégia de marketing

Os seus clientes precisam saber das suas promoções, certo? Traçar uma estratégia que instigue o cliente a ir até a sua loja no dia da Black Friday, é essencial para aumentar as suas vendas.

Não tenha medo de anunciar e chamar o seu cliente!

A Black Friday pode ser uma ótima, ou uma péssima oportunidade de negócios. Cabe a você saber como utilizar a data de forma inteligente, para aumentar os lucros da sua empresa.

Mas lembre-se: seja honesto e transparente com o seu público. Uma vez que o cliente se sinta enganado, ele não volta mais.

Boas vendas!